Plantas do Mayflower

Aproveitem para baixar o Mayflower. O pioneiro do desbravamento e colonização da América.




Abraços fraternais!

O link para o download:
http://only-paper.ru/go?http://depositfiles.com/files/i8935zf01

As plantas do Le Courieur

Encontramos as plantas do Le Courieur!
Baixem e montem. Ele não é muito difícil.


Link para o download:
http://only-paper.ru/go?http://www.unibytes.com/hpGgcZhTr.oLqw-Us4P3UgBB

Boa montagem!

O Berbice

Mais um modelinho de veleiro para ser construído em qualquer material: o Baltimore Clipper Berbice!
Bom divertimento!
Link para download, abaixo:

http://www.unibytes.com/sMokHOagMowLqw-Us4P3UgBB?drgn=1

Boas Festas!


A vida é um barco que flutua em mar aberto, com a tripulação à deriva, em busca de um porto seguro. Entremeando tempestades e calmarias, às vezes sem água boa ou comida, o barco cruza com outro, que lhes oferece parte do pouco que tem, mas segue seu rumo. E a busca prossegue. Um dia, finalmente, se chega ao lugar de desembarque.
Talvez, por força das circunstâncias, amarguras, desilusões ou, mesmo, medo, somos compelidos a ficar distantes dos amigos; até aqueles que só passaram por nós, um dia, e nos ofereceram a mão ou uma palavra de conforto. São eles que nos fazem falta por toda a nossa vida.
Mas não importa o tempo, a distância. Sempre os trazemos dentro da mente e do coração.

 Feliz Natal, amigos; onde quer que estejam!!!

Este, também, é de papel!

Este cutter tem a sua estrutura toda em papel. Os mastros são de madeira, as velas de tecido, o cordame em linhas de algodão e os canhões em metal. Trata-se de um modelo da "Shipyard": o Le Coureur.
 


 




 
Quem disse que não dá?
 
E bons ventos!

O Caledônia

Este é mais um modelinho que, acredito, vá ser fácil de montar. É um barco movido a pás e velas. Para iniciantes, vai valer a pena!
Se for montar em madeira, dê uma "caprichada" na lixa, para arredondar bem as curvas, OK?!
 
 
 
 
Atenção para o link de download:
http://only-paper.ru/news/parokhod_caledonia_kallboys/2012-10-07-8614

Boa montagem!

Uma aula prática

Modelagem em papel na escola (2001)

Escolas suecas apresentam todos os anos alguns "trabalhos de livre escolha", que significa que são oferecidos aos alunos diferentes projetos com os quais eles possam se interessar em aprender, que não façam parte do conteúdo programático. No Outono passado, foi dada a oportunidade a alunos da 5ª e 6ª séries da escola "Strömsskolan" para a construção do modelo em papel Bildrum da escuna de 3 mastros "Isolda", que pode ser baixada, gratuitamente, do "Gothenburg Maritime Museum".
Esta escola, em Lilla Edet, na costa Oeste da Suécia, fica situada bem perto de " Lödöse" (a doca), onde o Isolda foi construído, há 100 anos.
Um grupo de garotos escolheu o projeto do modelo em papel, iniciado e dirigido pelo professor Sören Sparre. Os meninos, entre 11 e 12 anos, não tinham a menor experiência com construção de modelos. De fato, eles encontraram dificuldades, pois o Isolda é um modelo detalhado e não um modelo simplificado "para crianças". Os garotos, porém, acharam a montagem bem excitante. O orgulho crescia, enquanto o modelo tomava forma.
As fotos comentadas, abaixo, foram feitas por Yngve Eriksson e Sören Sparre, durante o Outono de 2001.
Na Primavera de 2002. Sören Sparre introduziu o mesmo projeto para um grupo de meninas. "Na minha própria experiência, creio que as meninas são, certamente, melhores construtoras de modelos do que os meninos. Elas, só, não sabem disso. Esperamos que as garotas encontrem seu caminho para a autoconfiança e a alegria na modelagem em papel." GS

Aqui está o grupo. À partir da esquerda: Tommie, Fredrik, Sebastian, Jimmy, Erik, Björn, Niclas, Niklas, Mattias, Henrik, Tomas Rikhard, Erik, Sören (professor) e Markus.
 



Algumas fotos da sala de aula.
 
Jimmy concentrado

Markus, Erik. Mattias e Sebastian com seus modelos.
 

Enquanto os meninos acharam um bocado de dificuldades para enrolar os mastros de papel, conforme sugerido no kit, experimentaram algumas alternativas para fazer mastros e topos. Um foi com grama seca, a qual funcionou bem para a escala original. Outros utilizaram espetos de bambu para churrasco.
Para simplificar o cordame, enxárcia e enfrechates foram copiados sobre "transparências" e recortados. Houve, também, alguns experimentos, como copiar as velas em papel pardo.
 
Os modelos foram exibidos na lanchonete da escola antes do Natal. Lá eles tiveram muitas alegrias e receberam elogios.
 
Um bom exemplo a ser seguido por outras escolas.
 

O modelo na escala 1:160 foi, originalmente, destinado para download do Gothenburg Maritime Museum. http://www.sjofartsmuseum.goteborg.se
Os arquivos estão disponíveis, ainda, no "Isoldas homepage":http://www.isolda.info/
 

Nosso projeto, desde 2001:

Baixamos essas plantas e as construímos em papelão, palitos e laminados de madeira-de-lei. Fazemos pesquisas e experimentos com materiais diversos, como caixas de frutas, palitos, PET, latas de bebidas, etc., etc.
 
Entre nesta loucura chamada "ócio criativo", você, também!
 
Fraternal abraço! 

Escuna Isolda

Mais um veleiro de 3 mastros para nossa diversão. Baixem, o quanto antes!
 


Link para o download:
http://only-paper.ru/news/shkhuna_quot_isolda_quot/2012-08-21-8418

Capriche e terá outro belo modelo para sua coleção.
Grande e fraterno abraço!

O San Salvador

Mais um galeão ja está à disposição dos dedicados ao nautimodelismo alternativo!
Desenhado para ser construído em papelão, mas pode ser reforçado com madeira de reflorestamento, palitos etc. Planos sem nenhum custo e um belo modelo. Prepare suas ferramentas e mãos à obra!
Aproveite, enquanto monta, e faça uma pesquisa sobre ele, OK?!



O link está aqui:
http://only-paper.ru/news/galeon_san_salvador_galleon_san_salvador/2012-09-17-8532

Baixe, antes que seja desabilitado! Boa montagem e bons ventos!
Aquele abraço!

A arte é livre; não estimule o preconceito!

O nautimodelismo é uma arte fascinante! Não existe ser humano que não aprecie e não viaje na imaginação, quando contempla um exemplar bem confeccionado. Os que se dedicam a construir seus próprios modelos são, ainda, mais afortunados, pois passam de admiradores a armadores, construtores, engenheiros dessas maravilhas.
Desde os primórdios da civilização, o homem produz maquetes em escala, para representar, inclusive, cidades inteiras.
Os materiais, obviamente, eram os que tinham à mão, enquanto pesquisavam sobre a maior facilidade e valor de outros; as ferramentas eram toscas e, com o tempo, foram se aperfeiçoando.
Ainda hoje, o processo empírico é o mais utilizado no artesanato regional, mas o acesso à tecnologia e a mídia vão levando conhecimento e facilitando o trabalho e resultados.

Modelo montado em madeira-de-lei e, minuciosamente, entalhado.

Uma estrutura de papelão e cola.
Modelo, totalmente, construído em ossos.

Estrutura em madeira maciça.
 Portanto, seja qual for o material empregado na construção de seu modelo, o que conta é o quanto você pode produzir com os recursos que dispõe.

Isso é arte pura!

Bons ventos!